Conheça Ganesha, o destruidor de obstáculos

Esta divindade com cabeça de elefante e corpo de menino é uma das mais populares da Índia moderna. Cada detalhe da imagem de Ganesha   — o deus hindu destruidor de obstáculos  — tem um significado.

Um ratinho, que é o condutor de Ganesha e simboliza o ego, está sempre deitado a seus pés: é a mensagem de que o homem precisa dominar o ego.

Ganesha, reverenciado em toda Índia por ser tido como um forte símbolo auspicioso, é filho do deus Shiva com a esposa Parvati.

Seus quatro braços simbolizam sua onipotência e onipresença. A grande barriga indica que o ser humano deve ter a capacidade de enfrentar todas as experiências, agradáveis e desagradáveis. As orelhas enormes representam a capacidade de ouvir os outros.

Veja aqui um vídeo sobre a estória de Ganesha, contada por Kalpana Desai, do Asian Art Museum:

A presa direita significa sabedoria e a esquerda, emoção. Essa última surge quebrada: sinal de que as pessoas devem buscar emoções, mas com muita sabedoria.

Diz a lenda que Ganesha quebrou um pedaço de sua presa para com ela redigir o Mahabhárata, o grande épico milenar indiano, ditado pelo sábio Vyasa. Já a tromba sinaliza que a mente humana deve ser forte o suficiente para suportar altos e baixos da vida. Ele é muito popular na Índia moderna, sendo reverenciado mesmo dentro de escritórios e indústrias.

Em Mumbai, a capital financeira da Índia, ele é homenageado com as maiores procissões da Índia durante o Festival Ganesha Chaturthi, com milhões de pessoas dançando e cantando nas ruas.  Muitos homens de negócios indianos não tomam decisões antes de fazer uma oferenda a essa simpática divindade: Ganesha é tido como um poderoso protetor de quem vai iniciar qualquer coisa, negócios, um curso, uma viagem.

— Equipe do Beco da Índia

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*