Conheça a lenda de Annapurna, a deusa que alimenta a todos e traz equilíbrio para a Terra

Deusa Annapurna. Crédito: YouTube

Você conhece a lenda de Annapurna, a deusa da comida? Annapurna era uma encarnação da deusa Parvati, esposa de Shiva, a divindade hindu que destrói o mal,  aniquila os demônios. O casal mantinha o equilíbrio entre pensamento e ação, tão importante para o bem-estar do mundo. Veja no final desta matéria um vídeo do TED, com uma bela animação sobre essa lenda.

Parvati representava a energia, simbolizava o crescimento e e a transformação na Terra. Sem ela, Shiva seria apenas um observador desapegado. Sem Parvati, o mundo permaneceria parado. Juntos, os dois eram fortes e sagrados: formavam uma união divina chamada de “Ardhanarishvara”. Essa combinação sagrada garantia a fertilidade e conexão entre todos os seres vivos.

Por isso, Parvati era adorada como uma mãe do mundo natural. Ela garantia os confortos materiais da humanidade e a conexão espiritual, física e emocional entre todos os habitantes da Terra.

Mas um racha ocorreu e estremeceu essas duas forças porque Shiva passou  a menosprezar o trabalho essencial de Parvati. Shiva acreditava que todas as coisas materiais seriam meramente distrações, ou ilusões chamadas “maya”.  Assim, Parvati se sentiu na obrigação de provar a importância de seu trabalho. Ela fugiu do mundo, e com ela foi metade da energia cósmica que mantinha a Terra girando. Houve então um período de  escassez, de seca, de fome, já que os rios encolheram e as colheitas murcharam. A humanidade encarou a fome.

Annapurma. Crédito: Pinterest

O próprio Shiva sentiu o vazio  profundo deixado pela ausência de sua esposa e percebeu que, apesar de ser um ser poderoso, não estava imune à necessidade de sustento. Ficou claro para Shiva que o mundo material não
poderia ser descartado tão facilmente.

Foi aí que Parvati assumiu a forma de um novo avatar: Annapurna, que com uma mão carregava uma tigela de ouro recheada de mingau e com a outra fazia o mudra abhaya, ou seja, o gestão de mão que significa segurança.

Parvati, agora sob a forma de Annapurna,  trouxe a esperança de volta. Ela passou a ser adorada como Annapurna, a deusa da comida, que fazia o mundo florecer novamente.

Diz a lenda que Annapurna apareceu pela primeira vez na cidade sagrada de Kashi, ou o “Lugar da Liberdade”, nas margens do sagrado Rio Ganges.

Lá, ela construiu uma cozinha para alimentar as pessoas até saciá-las completamente. Em seu banquete não apenas mortais eram servidos. O próprio Shiva se aproximou da deusa com uma tigela vazia e implorou por comida e perdão.

Por essa razão, Shiva às vezes é retratado como um pobre mendigo diante de Annapurna. E assim ficou claro que o mundo material é tudo, menos uma ilusão. É um ciclo de vida que deve ser sustentado para o equilíbrio da Terra.

— Equipe Beco da Índia

Veja aqui o vídeo do TED no YouTube sobre a lenda de Annapurna

Seja o primeiro a comentar em "Conheça a lenda de Annapurna, a deusa que alimenta a todos e traz equilíbrio para a Terra"

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*