Conheça um dos maiores segredos indianos de beleza

Credito: Pixabay

Um super-herói das receitas caseiras indianas de beleza é o óleo de coco. O antigo manual de beleza aconselha massagear por cinco minutos o couro cabeludo e os cabelos com o óleo de coco, uma a duas vez por semana. Filhas e netas indianas carregam na memória os rituais cerimoniais de suas mães e avós, que enquanto massageiam suas cabeças, contam antigas fábulas, como as do Panchatantra, sobre animais — o equivalente a Esopo na Índia.

Credito: Pixabay

Na tradição indiana, essa ação está ligada ao carinho. A expressão “sneha”, em Sânscrito, tem duplo significado: “passar óleo” e “amar”. Desde antes da era cristã, o coco é cultivado na costa do Malabar, o trecho sudoeste do subcontinente indiano. Foi chamado por Marco Polo de “nux indica” no século 13. Além de hidratar, o óleo de coco lustra, confere brilho, força e maciez aos cabelos. Cabelos indianos, suadáveis e fortes, são exportados para o mundo todo para fabricação de perucas.

Após a aplicação no couro cabeludo, o óleo de coco deve permanecer por uma ou duas horas , antes de a cabeça ser lavada. Se antigamente o óleo de coco já era um bálsamo para fortificar e dar brilho aos cabelos, imagina hoje com o uso frequente de produtos químicos.


— Equipe Beco da Índia

Seja o primeiro a comentar em "Conheça um dos maiores segredos indianos de beleza"

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*