Jatayu, o pássaro mítico que protege as mulheres

Estátua de Jatayu em Kerala. Crédito: Kerala Tourism

Jatayu voa há milhares de anos na imaginação dos indianos pois veio do épico Ramayana

Dizem que quem escala essa magnífica estátua de Jatayu, o mítico pássaro do milenar épico Ramayana que simboliza a proteção da mulher ouve os ventos e eles como a sua estória.

Jatayu tentou salvar Sita, mulher do príncipe Rama, de ser raptada pelo demônio Ravana. No final, Ravana conseguiu o que queria e levou Sita para Lanka. Mas Jatayu, uma ave velha, resistiu o que pode e até perdeu uma das asas, antes de morrer nos braços de Rama. O pássaro ficou para a posteridade por ter se sacrificado como uma flor de oferenda divina, segundo um poema local.


Pintura sobre a morte de Jatayu, por Raja Ravi Varma (1906). Credito: Wikipedia

 Essa é a maior estátua de um pássaro no mundo, no estado indiano de Kerala: tem 61 metros de comprimento, 46 metros de largura e 21 metros de altura. Jatayu voa há milhares de anos na imaginação dos indianos: ele decolou do épico Ramayana. Dizem que quem se atreve a subir no pássaro  A estátua, esculpida por Rajiv Anchal,  fica no Jatayu Nature Park, distrito de Kollam (Kerala).

Mitoligicamente, Jatayu era sobrinho do famoso pássaro Garuda, que trasnporta o deus Vishnu (da Preservação), que integra a trindade do Hinduismo (além de Shiva, da destruição, e Brahma, da criação). Segundo as narrativas do Puranas – texto antigo que pertencem à tradição do Hinduísmo – Jatayu era devoto de Vishnu. O fato de o príncipe Rama ter sido um avatar de Vishnu fez com que Jatayu o protegesse, e à sua esposa Sita, durante os 13 anos de exílio na floresta.

Veja aqui o vídeo que mostra como subir o Jatayu

Seja o primeiro a comentar em "Jatayu, o pássaro mítico que protege as mulheres"

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*