Recomendado pelo Kamasutra e exibido em filmes de Bollywood, o paan é um hábito nacional na Índia

Paans em feira em Delhi. Credito: Florencia Costa

Do Kamasutra, passando pelas receitas da Aiurveda, até as telas de Bollywood, o Paan  é recomendado em manuais de comportamento, de culinária e de medicina tradicional, e exibido em cenas de filmes. Esse digestivo, purificador de hálito, que pode ser afrodisíaco, é um hábito nacional na Índia. Os indianos o consomem há séculos após as suas condimentadas refeições.

Feito com folhas de betel recheadas com uma série de ingredientes, como cardamomo, noz moscada, cravo, aniz, erva-doce, noz de areca, frutas secas e coco ralado, essa trouxinha triangular verde é oferecida nas ruas por vendedores ambulantes, nos restaurantes e nas casas.

Vendedores de paan. Credito: Florencia Costa

 As vendinhas de paans encontradas em todas as cidades indianas são chamadas de paanwallahs, que costumam ser também um ponto de encontro dos locais. As receitas de paan variam muito, mas algumas delas incluem no recheio uma porçãozinha de tabaco. Versões mais modernas, muito apreciadas pelos jovens, acrescentam um pouco de chocolate na mistura.

Nos casamentos indianos, costuma-se distribuir paan para os convidados. No estado de Bengala Ocidental as noivas chegam na cerimônia de casamento  com seus rostos cobertos por folhas de betel. As famílias indianas guardam a sete chaves suas receitas de paan.

Esse purificador de hálito natural é citado em textos hindus antigos, datados desde o século 6, e as folhas de betel aparecem no épico Mahabharata. Mas o hábito de mascar o paan não é restrito à Índia: também existe em outros países do Sul da Ásia.

Folha de betel e os recheios de paan. Credito: Florencia Costa

Com os chefs indianos cada vez mais criativos, o paan é usado em receitas como kulfis (sorvete indiano) e bebidas.  No Sul da Índia as folhas de betel são usadas em algumas receitas de arroz.

O ritual de dobrar as folhas é um show à parte e muitas vezes o  cliente paga para ver o paanwallah preparar o paan na frente dele. São inúmeras as cenas de cinema com paan. Em uma delas, o ídolo das telas Amitabh Bachchan canta uma música sobre o paan feito na cidade de Varanasi em um super sucesso de 1978: o filme Don.

E como se não bastasse tudo isso, o paan também é enaltecido no antigo Kamasutra, escrito há séculos, como uma excelente oferenda de uma amante para outro, já que teria propriedades afrodisíacas.

Veja este vídeo que mostra um paanwallah preparando o seu produto

— Equipe Beco da Índia

Seja o primeiro a comentar em "Recomendado pelo Kamasutra e exibido em filmes de Bollywood, o paan é um hábito nacional na Índia"

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*