Saiba por que a Seva é fundamental para a vida: o exemplo dos sikhs em Nova Iorque durante a pandemia

Templo Dourado em Amritsar, no estado do Punjab, India. Credito: Florencia Costa

Os indianos conhecem bem o conceito de “Seva”: significa serviço altruísta, muito praticado no Hinduismo, no Budismo, no Jainismo e no Sikhismo, religiões que nasceram na Índia. “Seva” é ajudar os outros de formas variadas sem nenhuma intenção de obter ganhos pessoais ou recompensas.

Um bom exemplo desse conceito em meio à pandemia de Coronavírus ocorreu em Nova Iorque, onde há uma grande comunidde de Sikhs, uma religião indiana nascida no século 15, com a maioria de seus adeptos localizados na região Norte da Índia. Eles são reconhecidos por seus turbantes bastante específicos e barbas. Os sikhs levam o conceito de “seva” muito a sério e o consideram um serviço ao fundador de sua religião: Guru Nanak. Servir aos outros, para eles, é estar perto do guru.

Os templos Sikhs na Índia e em outros países, tradicionalmente preparam refeições gratuitas para quem os frequentar, servindo-as em suas Langar, as cozinhas e os espaços de alimentação. Para quem já foi ao Templo Dourado, na cidade de Amritsar (estado indiano do Punjab), ou na Gurdwara Bangla Sahib, em Nova Delhi, provavelmente pode testemunhar esse imenso serviço comunitário. A comida, além de tudo, é deliciosa: geralmente consiste de vegetais, lentilha, arroz e pão indiano. Um dos princiapais foco do Sikhismo é a igualdade na humanidade.

Sikhs almoçam no langar do Templo Dourado. Credito: Florencia Costa

Em março, vários jornais e websites divulgaram a informação de que o Centro Sikh de Nova Iorque preparava e distribuía todos os dias 30 mil refeições para cidadãos americanos que estavam em auto-isolamento, no auge da pandemia. A comida era empacotada  observando-se todos os procedimentos de segurança devido à Covid-19.  O prefeito de Nova Iorque teria feito contato com a comunidade Sikh, publicou o website The Logical Indian.

Os voluntários que prepararam e distribuíram a comida já haviam sido testados para a doença e o resultado, claro, já havia sido negativo.

Para os Sikhs, o serviço altruístico, ou “Seva”, é fundamental  porque é uma demonstração de amor, de respeito, de humildade, de igualdade (ninguém é melhor do que ninguém). A pessoa que pratica o “seva” demonstra que está afastada dos chamados cinco vícios: raiva, orgulho, luxúria, ganância e apego material.

Equipe Beco da Índia

Seja o primeiro a comentar em "Saiba por que a Seva é fundamental para a vida: o exemplo dos sikhs em Nova Iorque durante a pandemia"

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*